sexta-feira, 14 de maio de 2010

Música gaúcha


Música gaúcha

A música gaúcha fala coisas da natureza e do ambiente como: a terra, o chão, os costumes, o cavalo - sempre buscando a rima num arranjo muito acertado com as melodias, criando entre letra, música e dramatização.

Este estilo musical mostra origens na música flamenca espanhola, e na música portuguesa. A música tradicionalista pode ser difícil de ser interpretada em alguns casos, por outros grupos ou músicos que não possuem ligação direta com a cultura gaúcha.

O único ritmo riograndense é o bugio, criado pelo gaitero Wenceslau da Silva Gomes, o Neneca Gomes, em 1928, na região de São Francisco de Assis. Inspirado no ronco dos bugios, macacos que habitam as matas do Sul da América, o ritmo foi banido por ser considerado obsceno, mas foi mantido em São Francisco de Paula, onde hoje se realiza um festival "nativista" conhecido como "O Ronco do Bugio".


No Rio Grande do Sul também existe um ritmo chamado Tchê music, que incorpora ritmos tradicionalistas com influências do Maxixe nordestino. Também é comum neste estado, entre os descendentes de alemães, a Música folclorica alemã, em festivais como a Oktoberfest de Igrejinha.

Existem vários ritmos que fazem parte da folclore riograndense, mas a maioria deles são variações de danças de salão centro-européias populares no século XIX. Esses ritmos, derivados da valsa, do xote, da polca e da mazurca, foram adaptados como vaneira, vaneirão, chamamé, milonga, rancheira, xote.



A música "Querência Amada" de um dos melhores cantores gaúchos Teixerinha, que retrata as grandes belezas do Rio Grande do Sul.
Outra música dele que fala bastante sobre o Rio Grande do Sul é a "Velho Casarão", nesta música é citado a Revolução Farroupilha e revoluçoes que aconteceram no RS, a figueira que é um símbolo do estado, citava o chimarrão o maior costume gaúcho, na minha opinião, mas o que mais fala é sobre um casarão, que na música, era de seu vô, passou para seu pai.



As danças típicas gaúchas realmente animaram as festas do Rio Grande tradicional, e representaram um incentivo de alegria da grandeza histórica de nosso rincão.

A mais típica representação tradicional do Rio Grande do Sul, no campo das danças, é o velho "fandango". Antigamente o "fandango", era uma série de cantigas de sapateado, se originara das antigas danças de par solto, características da romântica Espanha.



Acima um exemplo de Fandango...

Músicas


Esquilador é uma música que foi premiada com prêmios internacionais, sendo uma música tradicionalista do Rio Grande do Sul.


César Passarinho é um outro grande cantor gaúcho.


A música Canto Alegretense, que também é uma música muito tradicionalista do RS.


Céu, sol, sul, terra e cor é outra música muito bonita que retrata beleza do RS.


Acima, um show que Renato Borghetti, Luciano Maia e Oscar dos Reis, apresentaram, tocando instrumentos típicos gaúchos, violão e o acordeon.

Abaixo alguns outros videos musicais que mostram um pouco da cultura gaúcha...



Giovanni Avila Marcolin e Adriélli da Silva Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário